PHP7 com PDO_OCI e Oci8 no Docker

Com docker podemos executar um container de diversas maneiras, podemos baixar imagens prontas com os programas que queremos, bem como podemos construir nossas próprias imagens a partir de um Dockerfile.

Como estou estudando docker, criei uma imagem que monta um ambiente de desenvolvimento para PHP com as bibliotecas do banco de dados Oracle instaladas.

Estarei disponibilizando tanto a imagem, como o Dockerfile com os passos caso você queira montar a sua própria imagem ou modificar a mesma de acordo com as suas necessidades.

Continue reading “PHP7 com PDO_OCI e Oci8 no Docker”

Dica rápida #1 – exibir os 100 maiores arquivos [linux]

Estarei iniciando uma série onde darei discas rápidas e simples, mas que as vezes faz toda a diferença.

E a primeira dica é: como exibir os 100 maiores arquivos de uma pasta e suas subpastas.

$ du -a -h | sort -h -r | head -n 100 

Para saber mais sobre o comando du, visualize sua ajuda com o comando:

$ du --help 

LifeProject, o início!

Estava à procura de um programa de planejamento estratégico de vida, controle de finanças, organização (gtd), etc. Ou seja um programa que administra-se diversas áreas da vida de uma pessoa.

Dada a situação, eu não iria achar algo que se encaixa-se perfeitamente na minha necessidade, então decidir criar meu primeiro programa  a utilizar uma licença  de software livre (open source), estarei liberando o mesmo sob a GPLv2,  aproveitei também o fato de estar no processo de aprendizado e fixação de uma nova linguagem de programação bem como o principal framework dessa linguagem (ruby on rails), para mim você realmente aprende algo quando você cria algum produto final com aquilo que você aprendeu, do meu processo de aprendizado do rails estou criando o LifeProject, esta é a minha forma de agradecer à comunidade de software livre, criando outro software livre, por que assim todos saímos ganhando.

O sistema utiliza somente recursos open source, banco de dados PostgreSQL (ainda não testei com outros bancos),  o template AdmiLTE, bem como mencionado anteriormente o framework Ruby on Rails.

O sistema irá gerenciar diversas áreas. Mas irei começar o desenvolvimento do mesmo pela área que irei chamar de “Cultura”. Conforme uma citação que gosto muito de Leandro Flores “Um povo sem cultura e arte é um povo que não existe.” Ou seja cultura é a base do ser humano, ai vou englobar várias coisas como arte, filmes, livros ou qualquer coisa que você queira aprender ou seja crescer como pessoa.

As demais áreas que pretendo adicionar inicialmente além de cultura são finanças e metas(de curto, médio, longo prazo e de vida),  dentro de metas podemos englobar projetos, hábitos, etc.

Sinta-se livre para se juntar á bordo, e contribuir com o projeto no GitHub.

Instalando o Gogs(git), Nginx, MariaDB no Linux Ubuntu/Mint

A Microsoft comprou o GitHub por US$ 7,5 Bilhões, e a internet ficou em polvorosa, você pode continuar usando o GitHub, segundo a Microsoft, ela irá manter o mesmo como está.

Existem diversas alternativas como GitLab e o BitBucket, também existem as opções de código aberto/livres que você pode instalar ai no seu servidor. O GitLab tem uma versão Community, o mesmo é escrito em Ruby e tem bastante recursos, em função dos muitos recursos ele exige pelo menos uma máquina com o mínimo de 4 GB de Ram, para servidores mais modestos nós temos disponivel o Gogs escrito em Golang, ele é simples mas atende todas as necessidades básicas para quem usa o GitHub e pode ser instalado ai no seu pc antigo com 512 MB de memória Ram.

Gogs – A painless self-hosted Git service

Continue lendo…

Dicas para aprender um novo idioma

Hoje vivemos em uma época em que o acesso a informação é em um piscar de olhos, trazendo benefícios para todas as áreas da educação, inclusive para o aprendizado de idiomas. As dicas que darei aqui, aposto que muitas pessoas já falaram, mas as vezes precisamos ver e rever algo muitas vezes para que a gente começe a levar aquela informação em conta e embarcar no mesmo projeto.

Registro aqui também estas dicas para que eu relembre, afinal não quero parar no Inglês que é a língua que estou aprendendo, eu quero aprender muito mais.

1-Aproveite a era dos aplicativos grátis.

Duolingo

Aproveite os aplicativos web/mobile para expandir seu vocabulário, aprender regras gramaticais, e estudar com técnicas modernas como  Continue lendo…

Instalando PDO Oracle e OCI8 do PHP7 no Ubuntu/Mint (Oracle 11.2)

Se você está tendo ou já teve dor de cabeça para instalar os módulos OCI8 e PDO para Oracle como eu, aqui vai um pequeno passo a passo do que funcionou para mim, espero que lhe ajude também.

Os passos neste tutorial requer que o usúario tenha privilégios de usuário root.

Caso você já tenha o Apache e o PHP instalados, verifique apenas se falta em seu computador algum pacote do PHP que foram instalados no passo 2.

Passo 1 – Instale o Apache .

Abra o terminal e digite os seguintes comandos:

sudo apt-get update
sudo apt-get install apache2

Com o Apache instalado, teste no browser/navegador se Continue lendo…

Minha história com o mundo do software livre

Minha história com o software livre, tem longa data, comecei a tentar utilizar quando estava na faculdade, por volta de 2006 , não por incentivo da faculdade, mas por incentivo de amigos de turma. Acho um erro cursos relacionados a tecnologia não incentivarem a utilização de software livre, pois o mesmo dá mais liberdade e possibilidades para quem está aprendendo a programar.
Mas voltando a minha experiência, tentei começar por uma distribuição para usuários experientes em Linux, o Slackware, mas logo desisti devido a dificuldade de achar drivers para um modem que eu tinha, e também precisava compilar a maioria dos programas para essa distribuição. Minha internet na época era uma conexão discada e utilizava apenas nos momentos em que se cobrava apenas um pulso(de madrugada e aos fins de semana). Fui para o Kurumin que era baseado no Knoppix que ja vinha Continue lendo…

Por que eu comecei um blog?

Por que eu comecei um blog? Eis que surge essa pergunta em minha cabeça, e os motivos principais que surgem são:

  • Praticar a escrita;
  • Praticar Inglês;
  • Compartilhar conhecimento nas áreas que amo, principalmente tecnologia/desenvolvimento de software/software livre;
  • Fazer novas conexões e amigos;
  • E por último, mas não menos importante, compartilhar experiências de vida.

E como todo inicio em algo novo, eu imagino que meu textos não serão dos melhores, mas espero ir evoluindo e melhorando com o tempo.

Também vejo isso, como um olhar através de uma máquina do tempo que pode ver flashs do passado, e assim apreciar a evolução.

E vamos nessa…